domingo, 2 de outubro de 2011

A Droga da Obediência, de Pedro Bandeira

Olá leitores!

Estou muito feliz com a criação do meu blog e este meu primeiro post. Já havia criado alguns blogs antes, mas nenhum me agradou porque os assuntos não me agradavam. Porém, Abrindo os livros... com certeza irá durar por um longo e rigoroso inverno (mesmo que ninguém siga rs). Livros é um assunto que eu amo desde pequena (não que eu seja alta) e tenho certeza que muitos irão concordar. Mas chega de papo e vamos ao que interessa: livros.

O certo seria se eu comentasse o melhor livro que eu já li na minha vida (que eu comentarei mais para frente, obviamente), mas eu escolhi o primeiro livro que eu li por pura e espontânea vontade, o livro que abriu minha paixão literária: A Droga da Obediência, de Pedro Bandeira. Assim como muitas pessoas que eu conheço, um dia eu acreditava que livros eram apenas para fazer fogueiras. Sim! Um dia eu odiei ler (odeio admitir, mas é a pura verdade)! Eu não entendia como minhas irmãs mais velhas conseguiam ler aqueles “tijolos” que a escola pedia (que, hoje, para mim, não são maiores que manuais de instruções) e não entendia porque era obrigada a ler na escola. Entretanto, quando eu estava na quarta série, minha mãe comprou um presente para mim (fiquei feliz da vida, como qualquer criança), até eu saber que era um livro (fiquei decepcionada, como qualquer criança). Porém, quando o livro chegou e minha mãe mandou-me ler sob ameaças (brincadeira rs), eu me apaixonei perdidamente pela história. E assim, começa a mais linda história de amor entre uma menina e seus muitos livros!
Foto da capa A Droga da Obediência.
Exclusivo do blog.


Título Original: 
A Droga da Obediência 
Autor: 
Pedro Bandeira 
Origem: 
Brasil
Tradução: 
*livro nacional* 
Editora: 
Moderna 
Ano: 
2009


Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes – os Karas – enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada nos melhores colégios de São Paulo. 
(texto retirado da contracapa)


Hoje, se eu lesse a história exatamente neste instante sem saber do que se tratava, iria achar muito falha e boba. Mas na minha época (como se eu tivesse quinhentos anos), a história foi simplesmente incrível! Miguel, Magrí, Crânio, Calu e Chumbinho (um personagem favorito) foram de uma inteligência e sagacidade incrível, mas claro: eles contaram com a ajuda do detetive Andrade (precisava-se de um adulto, não é?).
Mas o que mais me impressionou neste livro foram os códigos inventados pelos Karas, em especial o TENIS-POLAR. É muito simples: tudo o que se precisa fazer é trocar as letras T por P, E por O, N por L, I por A, S por R e vice-versa (se você reparar, são as letras consecutivas das duas palavras). Havia outros, mas para isto você precisa lê-lo.
A partir do momento em que li A Droga da Obediência, Pedro Bandeira passou a ser meu ídolo. Como A Droga da Obediência é o primeiro livro da série d’Os Karas, comprei logo os livros e os engoli. Depois comecei a ler outros de Pedro Bandeiro como o Fantástico Mistério de Feiurinha, Brincadeira Mortal, De Punhos Cerrados... Mas isto é para outro post.
Infelizmente, como eu disse, eu estava na quarta série quando li o livro, por isto não posso comentar muito mais sobre a história. Posso apenas aconselhar que os pais (pelo menos os que querem que seus filhos comecem a ler bastante) comprem coleções de aventura e/ou suspense para os filhos, pois eles ficam intrigados com as continuações e querem terminar as sagas. Assim, eles pegam, desde cedo, o costume de ler. Seria preferível e aconselhável não comprar livros muito grossos, pois eles são meio desanimadores...
Para aqueles que estão no início da pré-adolescência (ou mesmo na adolescência e não suportam ler), recomendo este livro.

Até o próximo livro!

7 comentários:

Daniella Midori S. D. disse...

Um dos melhores livros infanto-juvenis que existem!

Gabi Castro disse...

Concordo plenamente.

Mikaelly Sampaio disse...

Também gosto de Pedro Bandeira, mas meu livro preferido é a Marca de uma lagrima, se vc tiver a opotunidade de ler #ficadica
Abraços!

May disse...

Passei pela mesma experiência que você, foi justamente esse livro que me levou a ler outros... As aventuras dos Karas são apaixonantes. Recomendo também ler "Anjo da morte" muito bom!

Beijos

Gabi Castro disse...

Oi May! Eu já li todos os livros da série dos Karas! Muito bons! Quando eu tiver um tempo e em um momento mais propicio, comentarei sobre eles!

Anônimo disse...

Li A droga da obediência com uns 14 anos. Simplesmente adorei !!!
Sou fã dos Karas :)

Anônimo disse...

esse livro é muito bom, mas uma coisa muito impressionante é o filme "Como estrelas na terra toda criança é especial".Bye bye



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...