sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Eragon, de Christopher Paolini

Foto da capa Eragon.
Título Original
Eragon
Autor:
Christopher Paolini
Origem:
EUA
Tradução:
Nelson Rodrigues
Editora:
Rocco
Ano:
2002



Tem um único ponto falho nesta história: é muito clichê. A mesma história de um menino simples que de repente vê o seu mundo mudar magicamente e agora a sobrevivência de todos que ele ama e a salvação de todos depende de sua coragem e força. Fala sério: este enredo já deu! Está certo que este tipo de “superação” atrai os leitores, mas tem uma hora que todas as histórias parecem as mesmas e os livros parecem uma mistura uns dos outros. Um pouco de originalidade nunca faz mal, viu?
E, bem, outro ponto negativo – mas que não deve ser levado muito em conta por um motivo que eu vou falar adiante – é que o livro lembra muito (mas muito mesmo) Coração de Cavaleiro, além de terem várias partes espalhadas pelas páginas que recordam acontecimentos de outros livros e filmes. Acho (leia atentamente: acho) que isto se deve a pouca idade do autor. Quando ele começou a escrever Eragon tinha só quinze anos (é a minha idade! Oh, meu Deus! Ainda posso ser uma escritora de sucesso!). Não é uma idade muito... Evoluída para ter idéias originais – falo por experiência própria.   
Ah! E antes de partir para a história, quero dizer que este livro foi uma tremenda covardia porque colocou como tema o meu ponto fraco: dragões. Eu sou viciada nestes seres mitológicos flutuantes, mesmo depois da minha irmã contar que eles não passavam de lenda (que golpe no meu coração... Mas isto já faz muito tempo). Mas isto não importa muito no momento... Vamos ao livro!
Gosto de histórias que já começam na emoção. Duvido que ninguém se prenda a algo assim. Em Eragon, começa com uma emboscada arquitetada pelo lado mal da história: um espectro – que está mais para um demônio – chamado Durza e seus comparsas Urgals – uma espécie de ogro. Eles querem atacar um grupo de elfos que possuem algo que o rei - também maligno – quer muito: um ovo de dragão. Há muitos e muitos anos atrás, dragões não eram raridade em Alagaësia, porém os tempos dos Cavaleiros de Dragões se foram graças a uma traição. Os dragões foram praticamente extintos, mas ainda existem três ovos, sendo que um está no poder dos elfos. O rei pretende manter os ovos consigo, pois assim ele terá total poder sobre os últimos herdeiros de uma raça poderosíssima.
Mas, para a infelicidade do mal, a emboscada não dá certo, pois Arya, uma elfa que você tem que se lembrar para mais tarde, consegue “teletransportar” o ovo para longe. Ela é seqüestrada, porém o ovo foi salvo.
Entra em cena nosso herói, Eragon. Ele caçava na Espinha quando, subitamente, uma pedra azul e brilhante surge na sua frente. Acreditando ser muito preciosa, ele tenta vendê-la, mas sem sucesso. Acaba ficando com ela, porém, depois de certo tempo, a pedra se parte e nasce um filhote de dragão. Eragon agora está ligado ao pequeno serzinho e a um mundo que ele só conhecia através das histórias de Brom, um velho contador de sua aldeia (lembre-se dele durante a saga inteira, é importantíssimo). Agora, com seu dragão Saphira, ele precisa livrar Alagaësia da tirania do rei e de todos os maus que afligem o povo. Neste caminho perigoso até os Varden, uma sociedade secreta contra o rei, Eragon contará apenas com o misterioso Brom, com Arya (eu disse que ela era importante) e com Murtagh, que, apesar de ser muito lindo e simpático, guarda uma sombria história cheia de cicatrizes. Ah sim! E com Saphira, sua inseparável companheira.
Os tempos de Cavaleiros dos Dragões estão voltando, com Eragon encabeçando a história.
Christopher Paolini
Bem, eu já dei minha opinião sobre o livro e já disse que sou apaixonada por dragões, mas tem mais uma coisa que eu quero ressaltar antes do fim. Neste livro, há um personagem que não ganha muito destaque, mas que nos seguintes vai ganhar mais o meu afeto do que o próprio Eragon: é o primo dele, Roran. Não vou falar dele neste livro porque ele praticamente não tem muita importância agora, mas no próximo... Preparem-se para Eldest, o segundo livro. 

8 comentários:

Jonas N. disse...

Amo adaptações de livros apesar da maioria esquecerem detalhes e cortarem coisas que são cruciais para os fãs. Pretendo futuramente estar lendo o livro. O blog está lindo. Beijos

Stealing Books • Roubando Livros
roubando-livros.blogspot.com

Fernanda Cristina Vinhas Reis disse...

Oi Gabi!

Você sabe que eu amo essa série, né? Mas concordo com você, o primeiro é o mais fraquinho e clichê. Mas o bom é que ele evoluiu muito nos outros e ganhou independência. Eu tambérm acho que isso foi fruto do amadurecimento do autor. E sabe uma coisa que me dá nos nervos? Todo mundo falando mal desse leivro, mas sem levar em consideração a idade do CP quando escreveu. Quero ver quem desse povo fez a mesma coisa. Aí sim pode falar alguma coisa.

Beijos!

Gabi Castro disse...

Jonas, obrigada pelo elogio. Seu blog também é muito bom!

E Fê, eu também não gosto destas críticas. Todo mundo fala mal, mas ninguém faz melhor. Estou bem ansiosa pelo ultimo livro... Apesar de saber alguns detalhes que me decepcionaram (rs).

Beijos!

Fefa Rodrigues disse...

Gabi, antes de qq comentário, vou falar uma coisa, vc é muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito parecida com uma amiga minha daqui de Tatuí... pelo menos por essa sua foto, vcs parecem irmãs!!!! hehehe


Viu, a questão dos nomes em Cem Anos é algo que sempre causa "stress", mas depois, no final das contas, acho que o Gabo queria confundir nossa cabeça mesmo... além de a repetição de nomes, principalmentem Aureliano, lvar a um certo problema futuro... hehehe

Adriana Souza disse...

Olá, td bem? Amei o seu blog, achei super fofo! Já estou seguindo, gostaria de ter a honra de ter vc como um de meus seguidores tbm... http://umbestsellerchamardemeu.blogspot.com
Adriana Souza

Sucesso e parabéns!

Eva Cardoso disse...

To louca pra ler o livro, assisti ao filme e ameiiiii!!!!!!!
Bjussssssss

Adriana Souza disse...

Gabi, td bem?
Recebi um comentário seu, com a sugestões de sermos blogs parceiros um do outro! Me manda um e-mail com o seu link e banner!, que assim que receber te retorno um e-mail com o meu banner e link!
adri-mr@hotmail.com

Beeijos!
Adriana Souza
Um Bestseller pra Chamar de Meu

Adriana Souza disse...

Lhe indiquei um selinho!!
Beeeijos!
Espero que goste.

link: http://umbestsellerchamardemeu.blogspot.com/2012/02/selo-1.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...